Projecto Mozambique LNG doa 250 mil dólares para a educação

 

O Projecto Mozambique LNG, liderado pela Anadarko, está a dar continuidade ao seu apoio à educação, em Moçambique, com uma segunda doação orçada em 250 mil dólares americanos em apoio à iniciativa de concepção e implementação de uma plataforma e-learning, com vista a continuar a promoção da adopção e uso de metodologias interactivas em Institutos de Formação de Professores e na formação em exercício de professores de escolas primárias.

Esta iniciativa faz parte do Projecto BETTER concebido e implementado pelas organizações não-governamentais Associação Progresso e CODE, financiado pelo Governo do Canadá e apoiado pelo Ministério de Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) e será implementada nas províncias de Cabo Delgado, Niassa, Tete e Maputo.

Segundo o Comunicado enviado a nossa redacção o Projecto Mozambique LNG já havia doado outros 250 mil dólares americanos em 2017 para apoiar a iniciativa de produção de livros em diversas línguas, nomeadamente Português, Emakhuwa, Shimakonde, Ciyaawo, Kimwani e Cinyanja para contribuir para o aprimoramento do processo de leitura naquelas quatro províncias do país.

Este apoio já permitiu o desenvolvimento, publicação e a impressão de vário material destinado aos primeiros anos de escola primária. Foram, assim, produzidos, naquelas línguas, 66 títulos e mais de 110 mil livros distribuídos por quatro instituições de formação de professores em Cabo Delgado, Niassa, Tete e Maputo. Os livros foram igualmente distribuídos por 54 escolas primárias, beneficiando mais de 87 mil alunos e mais de 1500 professores.

O Vice-Presidente da Anadarko e Director Geral em Moçambique, Steve Wilson, afirmou: “Estamos felizes em continuar a apoiar estas iniciativas, que visam o aprimoramento da leitura dos alunos, da formação de professores e do aperfeiçoamento do processo de ensino-aprendizagem. A educação é um vector importante para o desenvolvimento das crianças, por um lado, e do país, por outro”.

Para Elisabeth Sequeira da Associação Progresso “este é um exemplo de que é possível juntar sinergias entre instituições públicas, privadas e organizações da sociedade civil, dentro e fora do país, para a implementação de projectos estruturantes para o desenvolvimento do país. A educação das nossas crianças é, naturalmente, importante para o presente e futuro do nosso país”. Alfredo Langa

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *